Curso CCNA – Existem IPs válidos com final zero ou .255?

Tempo de leitura: 3 minutos

Olá pessoal do curso CCNA e leitores do Blog, uma dúvida que surgiu em nosso fórum do curso CCNA Online e achei interessante compartilhar foi se poderiam existir endereços IPs válidos, ou seja, que podem ser utilizados para endereçar hosts e interfaces, com final “.0” ou final “.255”.

A resposta é sim! Os IPs com final x.x.x.0 e x.x.x.255 são válidos como host para algumas máscaras de subrede, sendo /23 e abaixo (/22, /21…), acima de /24 não vai ter “.0” e “.255” como IPs válidos, eles sempre serão rede e broadcast. Se traduzirmos a frase acima utilizando classes, podemos ter esses IPs como válidos para as classes A e B desde que utilizando máscaras /23 (255.255.254.0) ou menor.

Vamos a um exemplo prático utilizando como exemplo a rede 189.16.0.0, a qual é uma classe B com máscara padrão /16 ou 255.255.0.0, e vamos dividí-la em subredes com um prefixo /23 ou em binário 11111111.11111111.11111110.00000000.

Peço Menos de 1 Minuto Antes do Primeiro Passo para o Cálculo!

Gostaria de acessar TODOS os nossos cursos Cisco e demais áreas como Linux e Telecom por uma parcelinha mensal?

Clique aqui e saiba como ser um assinante DlteC.

O primeiro passo é verificar como essas subredes irão variar analisando o último bit da máscara que em binário é 11111111.11111111.11111110.00000000, o qual vale em decimal “2”, portanto teremos as subredes variando de 2 em 2. Lembrem que o primeiro IP da série é o endereço de subrede, o segundo é o primeiro IP válido, o penúltimo é o último IP válido e o último IP é o broadcast, assim sendo vamos ver as subredes:

  • 189.16.0.0 –> os IPs válidos irão de 189.16.0.1 a 189.16.1.254 e o broadcast será o 189.16.1.255 –> temos os IPs 189.16.0.255 e 189.16.1.0 como hosts válidos
  • 189.16.2.0 –> IPs válidos de 189.16.2.1 a 189.16.3.254 e broadcast 189.16.3.255 —> temos os IPs 189.16.2.255 e 189.16.3.0 como hosts válidos
  • 189.164.0 –> Ips válidos de 189.16.4.1 a 189.16.5.254 e broadcast 189.16.5.255 –> temos os IPs 189.16.4.255 e 189.16.5.0 como válidos
  • A série segue até a última subrede que será 189.16.254.0, a qual tem os IPs válidos de 189.16.254.1 a 189.16.255.254 e broadcast 189.16.255.255 –> tem os IPs 189.16.254.255 e 189.16.255.0 como válidos

Assista o vídeo com a configuração de um IP final zero e outro final 255 em um roteador Cisco abaixo:

De /24 para cima não teremos os finais zero e 255 como válidos porque são somente 256 IPs para alocar e sempre o final zero vai ser a primeira subrede, ou subrede zero, e o .255 vai ser sempre o broadcast da última subrede.

As máscaras /23 e abaixo são as que necessitam mais treino para aprender, porém praticando com elas as demais tornam-se fáceis, pratiquem bastante a divisão em subredes, pois é fundamental para o curso CCNA, para o exame de certificação e também para a vida prática!

Bons estudos e sucesso!

PS: Gostou do artigo e quer nos deixar uma mensagem? É só rolar a página para baixo e deixar seu elogio, dúvida ou sugestão!

Prof Marcelo Nascimento

Você está em busca da certificação Cisco CCNA?

Dica: o primeiro degrau rumo ao CCNA é a certificação CCENT.

Clique aqui e confira nosso Curso que Vai te Colocar no Caminho da aprovação no CCNA

Sobre Marcelo B do Nascimento

Cofundador da DlteC do Brasil e 7Bit Tecnologia, graduado em Engenharia Eletrônica/Telecomunicações pela UTFPR e pós-graduado em Redes e Sistemas Distribuídos pela PUC-PR. Trabalha na área de Tecnologia da Informação e Telecomunicações desde 1996. Certificado ITIL Foundations, CCNA Routing & Switching, CCNA Voice, CCNA Security e CCNP Routing & Switching.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000701421785 Marcelo Brenzink Do Nascimento

    Olá pessoal, além disso os próprios endereços classfull (classe cheia) das classes A e B tem IPs finais zero e .255 que são válidos, por exemplo:
    – 10.0.0.0 com máscara padrão de classe A 255.0.0.0 ou /8
    –> rede 10.0.0.0 e broadcast 10.255.255.255
    –> IPs válidos 10.0.0.1 até 10.255.255.254
    –> IPs válidos de final zero: 10.0.1.0, 10.0.2.0, 10.0.3.0, 10.0.4.0, …, 10.255.255.0
    –> IPs válidos com final 255: 10.0.0.255, 10.0.1.255, 10.0.2.255, … 10.255.254.255

    A mesma análise vale para uma classe B, porém a máscara padrão é /16:
    – 172.16.0.0 com máscara padrão de classe B 255.255.0.0 ou /16
    –> rede 172.16.0.0 e broadcast 172.16.255.255
    –> IPs válidos 172.16.0.1 até 172.16.255.254
    –> IPs válidos de final zero: 172.16.1.0, 172.16.2.0, 172.16.3.0, 172.16.4.0, …, 172.16.255.0
    –> IPs válidos com final 255: 172.16.0.255, 172.16.1.255, 172.16.2.255, … 172.16.254.255

    Dúvidas?

    Bons Estudos!

  • nasmarq

    Depende, esses ips 10.0.1.0, 10.0.2.0, 10.0.3.0, 10.0.4.0, …, 10.255.255.0 só serão aceito se o comando ip subnet-zero tive ativo, que por padrao ja vem ativo.

  • http://www.dltec.com.br Prof. Marcelo

    Olá nasmarq, obrigado pelo seu comentário.

    Falando de maneira teórica esses IPs são endereçávies.

    Agora sobre o “ip subnet-zero” ele realmente vem ativo, mas sua função é fazer com que o router aceite a primeira e a última subrede como válidas, no exemplo acima da rede 10 classfull independe desse comando, pois não são subredes e sim IPs.

    Faça o seguinte teste, configure o router com “no ip subnet-zero” e configure o IP 10.0.1.0 com a máscara 255.0.0.0 e você verá que vai funcionar.

    Agora, com o mesmo comando “no ip subnet-zer”, se você fizer subredes da rede 10.0.0.0 com uma máscara /24 e tentar configurar um IP das redes 10.0.0.0/24 ou 10.255.255.0/24 aí sim o router não irá aceitar, pois esse comando faz com que o router rejeite a primeira e última subrede inteira, não IPs específicos.

    Existe um artigo bem interessante sobre o assunto no site da Cisco que explica as redes zero ou “subnet zero” e “All Ones” ou última subrede.
    http://www.cisco.com/en/US/tech/tk648/tk361/technologies_tech_note09186a0080093f18.shtml

  • Pingback: ()

  • Henriquedrv2

    Apenas uma observação… 255.255.255.254 é uma máscara de 31 bits e não 23. A máscara de 23 bits seria 255.255.254.0.

    • http://www.dltec.com.br DlteC do Brasil

      Obrigado henrique, foi um erro de digitação na hora de colocar o texto. No desenvolvimento do artigo a notação /23, tanto em binário quanto em decimal está correta.
      Boa observação!!!
      E mais uma vez obrigado.

    • http://www.facebook.com/bscimento Marcelo Brenzink Do Nascimento

      Obrigado Henrique, foi um erro de digitação e já corrigimos!

  • Luciano Matias

    Parabéns pela explicação. Tentei utilizar os IPs final 0 e 255 com duas máquinas virtuais Windows XP e ele não aceitou. Deu a impressão que ele já bloqueia qualquer ip final 0 e 255 independente da Máscara. Vou tentar com o linux e posto o que deu.

  • Sylvio

    Parabéns pelo material. Entretanto me surgiu uma duvida: de /24 pra cima tenho de 1 a 254 ips validos, e sobre essa faixa posso aplicar as mascaras /30, /29, /28….. ou ainda as 3 mascaras ao mesmo tempo. Suponto o IP 192.168.10.x,   Classe C, e que eu queira utilizar  as tres mascaras citadas. Como ficaria ? esta correta esta configuração abaixo: 

    /30
    0 – endereço de rede   1 a  2 – ips validos para hosts3 – broadcast da /30/294 – seria endereço da segunda sub-rede (entretanto consigo atribui-lo a um host desta rede.)5 a 6 – ips validos para hosts7 – broadcast da /29/288 – seria endereço da terceira sub-rede (entretanto consigo atribui-lo a um host desta rede.)9 a 14 – ips validos para hosts15 – broadcast da /28e posso jogar o restante dos ips numa mascara /24 por exemplo (óbviamente descontado os ips ja utilizados pelas mascaras acima) Fiz essa simulação no Cisco Packet Tracer ele aceitou, mas não entendi ele aceitar o ip que deveria ser de porção de rede como um ip de host…….enfim, esta correto ??mais uma vez, parabéns pelo material.Obg

    • http://www.facebook.com/bscimento Marcelo Brenzink Do Nascimento

      Oi Sylvio, não sei se entendi direito sua dúvida, mas funciona assim, se você configurar uma rede 192.168.10.0/30 em uma serial (por exemplo) e tentar depois inserir a 192.168.10.0/24 na fast do mesmo roteador ele vai dar a seguinte mensagem “% 192.168.10.0 overlaps with Serial0/0/0” e não vai deixar configurar esse IP na interface. Mas se você inserir em um roteador diferente ele aceita, porque não há conferência entre roteadores diferentes isso é uma tarefa do planejamento do administrador de redes e nesse caso vai dar um conflito de IPs. Espero ter ajudado. Só uma dica, em nosso curso tratamos desse e muito mais assuntos, pois ele ele é preparatório para o CCNA, veja no site http://www.dltec.com.br e clique no ícone do CCNA 640-802.

  • Pingback: ()