Cisco anuncia nova geração do UCS

Tempo de leitura: 3 minutos

A Cisco anunciou esse mês novos recursos para o sistema de computação unificada da empresa, o UCS (Unified Computing System). O lançamento representa a terceira geração da plataforma fabric computing, que ajuda as empresas a estabelecer data centers que suportem virtualização e computação em nuvem, reduzindo custos de infraestrutura física e suportando demandas de crescimento de dados.

A terceira geração da plataforma fabric computing UCS da Cisco incorpora a nova família de processadores da Intel, o Xeon E5-2600, e inclui servidores múltiplos que oferecem alta densidade e eficiência de servidores, com até oito vezes mais capacidade de memória e quatro vezes o I/O comparados aos servidores UCS anteriores. O UCS Manager da Cisco agora permite que administradores de TI gerenciem tanto os servidores blade quanto os servidores rack como uma entidade comum, e estende a gestão do domínio para cobrir milhares de servidores em centros de dados no mundo.

Segundo a Cisco, os clientes do UCS relatam substanciais melhorias operacionais e de custos: 30% a menos em despesas com infraestrutura, redução de 90% no tempo de implantação, melhorias de 40% no desempenho de aplicativos, redução de 60% nos custos com energia/refrigeração.

Recursos
Através de uma maior integração com a tecnologia Unified Fabric da Cisco, o UCS Manager da Cisco agora unificou a gestão dos dois servidores blade e rack num único domínio. Essa capacidade reduz o custo de conectividade do servidor, proporciona flexibilidade de recursos e permite que administradores de TI adicionem capacidade ao centro de dados sem complexidade adicional.

No segundo semestre de 2012, a Cisco lançará tecnologia para suportar implantações de UCS de grande porte, via gestão centralizada para múltiplos domínios UCS, abrangendo milhares de servidores em um único centro de dados ou espalhados em centros de dados ao redor do mundo, proporcionando automação e orquestração para ambientes em nuvem.

Além disso, o módulo chassi I/O 2204XP oferece opções para 80Gbps e 160Gbps em cada chassi para lidar com picos de carga de trabalho. O módulo também oferece port channeling, que permite balanceamento de carga em todas as portas para melhorar a eficiência e a resiliência por meio de uma maior utilização do link e largura da banda.

O UCS 6296UP Fabric Interconnect duplica a capacidade de comutação do UCS fabric (de 960Gbps para 1.92Tbps) e reduz a latência de fim a fim em 40% para desempenho de aplicativos. O fabric interconnect viabiliza agilidade de infraestrutura em escala com portas unificadas e maior eficiência de energia, reduzindo os watts por porta em até 36%.

A Série UCS 6200 da Cisco combinada com o Nexus Fabric Extender amplia os benefícios do UCS Manager para implantações UCS de maior porte, tanto para fatores de forma blade quanto rack.

Servidores
A Cisco anunciou também a ampliação do portfólio UCS com um servidor blade e dois servidores rack-mount baseados no Xeon E5-2600. A nova linha de servidores da Cisco promete melhorar a entrega de carga de trabalho com desempenho, flexibilidade e eficiência para oferecer suporte a crescentes demandas de centros de dados.

Com mais núcleos, cache, capacidade de memória e armazenamento interno e pathways de comunicação para mover dados mais rapidamente, o UCS da Cisco com Xeon E5-2600 promete melhor desempenho, eficiência de energia, recursos e custo.

Fonte: http://ipnews.com.br/

Sobre Marcelo B do Nascimento

Cofundador da DlteC do Brasil e 7Bit Tecnologia, graduado em Engenharia Eletrônica/Telecomunicações pela UTFPR e pós-graduado em Redes e Sistemas Distribuídos pela PUC-PR. Trabalha na área de Tecnologia da Informação e Telecomunicações desde 1996. Certificado ITIL Foundations, CCNA Routing & Switching, CCNA Voice, CCNA Security e CCNP Routing & Switching.