Cisco leva compra da Skype pela Microsoft a tribunal

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A Cisco resolveu levar o processo de aquisição da Skype pela Microsoft, aprovado pela Comissão Europeia no passado mês de Outubro, ao tribunal superior comunitário. A revelação foi feita por Martin De Beer, responsável máximo da unidade de videoconferência da Cisco, numa mensagem publicada no blogue da empresa, onde alega que a aquisição da Skype pela Microsoft, nos termos aprovados por Bruxelas, poderá prejudicar serviços de de videochamadas rivais.

Segundo o responsável a Cisco não se opõe à compra, mas considera que a Comissão Europeia deveria ter imposto condições para garantir uma maior interoperabilidade a nível dos standards na área dos serviços de chamadas de vídeo, semelhantes aos que existem nos telemóveis.

O objetivo da empresa é fazer com que as autoridades comunitárias garantam que os padrões desta tecnologia sejam mais abertos, para que tecnologias como as suas, ou de outras empresas, possam ser utilizadas para fazer chamadas para os usuários do Skype.

Para Martin De Beer, caso esta garantia não exista, a Microsoft poderá ganhar controlo sobre o futuro das comunicações em vídeo, sublinhando que já hoje não podemos fazer uma videochamada de uma plataforma para outra, para frustração de todos os usuários e empresas.

Fonte: http://sol.sapo.pt/inicio/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=41645

Sobre Alexei C Tavares

Graduado em Engenharia Eletrônica/Telecomunicações pela UTFPR, é Co-Fundador da DlteC do Brasil e trabalha com Telecomunicações e Redes desde 1997. É autor de livros, tais como Roteadores e Switches - Guia para Certificação CCNA e CCENT - 2a. Edição.

Fique em contato através das redes sociais - Facebook, Google+.